OLHO VIVO… Informação para a cidadania

 

            A crise da Educação no Estado do Maranhão tomou dimensão nunca imaginada. Enquanto os professores da rede estadual se arrancam os cabelos por raiva e decepção, os professores das escolas municipais de Balsas recebem regularmente seu salário e até, este mês, o depósito na suas contas foi feita antes do fim do mês. As crianças e os jovens, nas escolas de Balsas,  aprendem de tudo. São até iniciados aos problemas econômicos e sociais, sobre o meio ambiente et assim por diante.

            Apresentamos aqui apenas um esboço do trabalho realizado na Secretaria de Educação pelo período de 2003 e início de 2004 sob a direção da Ana Lúcia auxiliada de Maria da Paixão e de uma equipe que sonha com a educação da juventude de Balsas e que nada mais deseja senão a melhoria das escolas para um ensino de qualidade.

Uma idéia das obras

            Um olhar rápido sobre as obras realizadas nestes últimos mêses. Na zona urbana foram reformadas duas escolas : Maria Justina Serrão e Virgínia Cury; e ampliadas seis : Elias Alfredo Cury, Deputado Francisco Coelho, Senador Alexandre Costa, Joaquim Coelho e Silva, João Botelho Filho e Marinha Rocha. Percorrendo a área rural.você verificará que foram construídas escolas nos povoados Barra do Côco, Curral Velho, Alegre e Água Branca e reformadas a escola municipal Riachinho, a creche no povoado Jenipapo, os prédios das escolas Cirilo Joaquim dos Santos no povoado Aldeia e São Cristóvão no povoado Lages e, recuperados vários galpões para funcionar salas de aula.

Qualificação profissional

            Os jovens de Balsas estão muito bem acompanhados. Veja lá : dos 784 profissionais da Educação, apenas 93 não concluíram o 3o grau. Outros estão cursando o PROCAD. Você tem idéia de quantos professores faltam ingressar na Faculdade ? Entre apenas 90 e 100,  em toda a zona urbana e rural do município.

Acompanhamento de projeto

            Os jovens de Balsas estão muito bem acompanhados. Veja lá : dos 784 profissionais da Educação, apenas 93 não concluíram o 3o grau. Outros estão cursando o PROCAD. Você tem idéia de quantos professores faltam ingressar na Faculdade ? Entre apenas 90 e 100,  em toda a zona urbana e rural do município.

               O acompanhamento dos professores é permanente e de boa qualidade e é assegurado por técnicos da secretaria assim como pelos coordenadores do setor da escola Campeã. Existe supervisão de ensino em todas as escolas da zona urbana garantida pelo Setor da Superintendência de Ensino. As escolas rurais estão sendo atendidas com material e acompanhamento pedagógico.

            O número de alunos aumenta a cada ano que passa. Balsas, hoje, oferece ensino fundamental para 15,800 alunos. Necessita-se mais salas de aula pois, em sua maioria, o número de alunos por sala é de 35 crianças ou jovens.

            O transporte escolar melhorou muito, embora ainda deficiente. É preciso ressaltar que, além dos alunos da rede municipal, transporta-se alunos do Ensino Médio da Rede Estadual. Os ônibus velhos foram recuperados e a prefeitura adquiriu ultimamente mais 03 microônibus.

            A Secretaria de Educação se preocupa também com as crianças e os jovens deficientes e inclinados para a marginalidade. Por este motivo ela mantém convênios com APAE, PREMEVI e CRIANÇA MARAVILHA.

            Você tem idéia de quanto recebe a prefeitura para a merenda escolar ? Apenas 0,13 centavos por aluno. Por este motivo a prefeitura ajuda para reforçar a merenda dos alunos.

Casa de arte e cultura

            Era um sonho ! Agora é realidade. A Secretaria de Educação junto à Secretaria de Assistência e Previdência Social inauguraram em junho de 2004 uma Casa de Arte e Cultura, aberta a crianças, jovens e adultos. Funcionam diversos cursos como pintura, artes plásticos, dança, música, capoeira e outros. É uma oficina de criatividade onde cada um e cada uma descobre seus talentos. E impressionante visitar essa casa pois a gente sente o dinamismo do ser humano que, através do seu trabalho, descobre seu potencial criativo. Fabrica-se verdadeiras obras de arte a partir de garrafas de plástico. Os animadores e animadoras irradiam a sua alegria em contribuir ao desenvolvimento artístico dessa criançada e juventude. A casa abriu também suas portas aos artesãos da cidade. Assim a casa torna-se lugar de articulação, de trabalho e de exposição à população de Balsas.

            Em eventos importantes da cidade, realiza-se a RUA DO LAZER. Organiza-se em praça pública as diversas oficinas onde, quem quer, se apresenta para expor seu talento ou suas obras. É momento de contato com a população onde se efetua troca e compra.

Conquistas

            A Secretaria Municipal da Educação, através de projetos de lei, conquistou diversas melhorias para o ensino :

  1. Lei no. 822 de 05 de setembro de 2003 dispõe sobre a criação e funcionamento das escolas da rede Municipal de ensino. O referido Colegiado tem caráter pedagógico, administrativo, financeiro e comunitário das escolas.
  2. Lei no. 824 de 05 de setembro de 2003 dispõe sobre a Política de Alfabetização na 1a série do ensino Fundamental da Rede Municipal, estabelecendo o Perfil do Professor Alfabetizador.
  3. Lei no. 825 de 05 de setembro de 2003 dispõe sobre o sistema de Nucleação das escolas da zona Rural do Município. Ela visa escolher uma Escola-Polo para gerenciar as salas e escolas que se encontram isoladas pela distância.
  4. Lei no. 829 de 30 de setembro de 2003 estabelece critérios para escolha de candidatos para o provimento da função gratificada de diretor e diretor adjunto de escolas da rede Municipal.
  5. A Secretaria Municipal elaborou e implementou o Programa de Ensino na Rede Municipal que tem como objetivo orientar e nortear as ações e práticas educativas dos professores em todas as àreas disciplinares.
  6. A Portaria no. 002/2003 da Secretaria de Fazenda instrui e define modelos de requisição da prestação de contas de adiantamentos às escolas municipais. Com esta portaria, as escolas municipais tem autonomia financeira para realizar projetos custeados e recebem financiamento de acordo com o porte da Escola, gastam e prestam contas do dinheiro à Secretaria de Educação e da Fazenda.
  7. Por Decretos, o Prefeito Municipal concedeu aos professores reajuste de perdas salariais, pagamento do Quinquênio e mudança de nível dos professores que se formaram no ano de 2003. Está também em tramitação a mudança de nível para os que se formaram ultimamente.

Aqui finalizamos por hoje. Informamos para a cidadania.  Com essas palavras, queremos somente exemplificar a existência de muitas pessoas que tem vontade de melhorar a qualidade de vida por meio de procedimentos democráticos e com ética, transparência e inclusão. A boa informação constrõe a sociedade e enobrece o cidadão e a cidadã.

Balsas, 2 de setembro de 2004

                                                                                  Victor  Asselin

JONAS DEMITO – O fim de um mandato de prefeito

                         JONAS DEMITO – O fim de um mandato de prefeito 

            Nunca pensei, nunca pedi, nunca imaginei e nunca desejei assumir a chefia de Gabinete da Prefeitura de Balsas. Vieram me buscar e aceitei, após consultas e discernimento, para prestar um serviço ao POVO de Balsas. Havia apelo para colaborar com a administração JONAS DEMITO e este o queria ardentemente. Fiz promessa comigo mesmo de nunca ser cúmplice de injustiça e exigi transparência e honestidade como condição para ficar no cargo. Tinha conhecimento de certas dificuldades. Foi uma decisão consciente. Aceitava entrar numa TERRA DE MISSÃO onde existem adversidades, resistências a mudanças, pois mudança sempre assusta e mais ainda quando são mudanças de vícios que o tempo chama de rotina, hábitos conservadores e desinteresse pela « coisa pública ». Felizmente encontrei um grupo de assessores comungando ao mesmo ideal e dispostos a lutar juntos, entre elas o prefeito Jonas Demito.

            Os comentários de rua a respeito da administração e do administrador eram péssimos. A mídia, formadora de opinião, esquecia a ética para divulgar notícia sem visão de tal maneira que prevalecia o jogo de interesse muito conhecido em meio político. O prefeito acreditava e acredita que mais cedo ou mais tarde a VERDADE triunfará.

            Dia após dia aprendi a conviver com este homem, humano, humilde, frágil à pressão de quem o explora mas sempre aberto ao diálogo e à correção. Após um ano de presença no Gabinete da Prefeitura, afirmo para quem quer ouví-lo : « é possível trabalhar na política com transparência e honestidade a serviço do povo ». Para que isso aconteça é necessário firmeza, ética e mística. Jonas Demito cometeu diversos erros administrativos, na maioria das vezes por pressão de grupos , indivíduos e até de assessores mas dificilmente alguém poderá provar que se enriqueceu com o dinheiro público. Ele, com muita simplicidade, o reconhece e leva em consideração as suas limitações. Há quem hoje divulga e pressiona para que esse homem se afaste da campanha política por considerar sua administração prejudicial e se usam todos os meios possíveis para afastá-lo. Resquícios da ditadura militar. Felizmente não são pensamentos que passam pela cabeça do povo e nem na cabeça de políticos conscientes de sua responsabilidade.

            A situação da Prefeitura de Balsas não é conhecida pelo público em geral e até pela maioria dos seus funcionários. É uma Prefeitura ainda dependente das transferências, sem renda própria significativa. Apesar disso, é uma das únicas prefeituras do Estado do Maranhão que mantém sua folha de pagamento em dia e, quando atrasa, é apenas de uns dias. Os avanços dados nesta administração são grandes. Espera-se ainda apresentar à população um relato mais completo destes quatro últimos anos de trabalho. Basta apenas lembrar que a administração atual assumiu as contas das administrações anteriores. Só no Tribunal de Justiça de Trabalho havia mais de duzentos processos de 1986-2000. Tem-se hoje uma conta bancária onde mensalmente é depositada uma cota do Fundo de participação para efetuar o pagamento destas dívidas.

            O que pretendo com este artigo ? Prestar homenagem a um homem que deixará a prefeitura em 31 de dezembro próximo  ? defender interesses pessoais ? procurar vantagens para o futuro ? iludir a opinião pública ? Nada disso. Quero apenas chamar a atenção da importância da ética numa campanha política. Quero apenas denunciar os mecanismos centenários usados para conquistar o VOTO DE FAVOR em lugar de defender com lucidez um projeto de sociedade que leve todos e todas a participar na conquista de sua cidadania. É tempo de demonstrar que o compromisso de cristão e de cristã é na RUA, é nos VALORES. Sonho o dia em que um grupo de mandatários e de funcionários chegue a assumir a POLÍTICA como o exercício mais alto da caridade. Sonho o dia em que o povo assumirá em verdade sua dimensão política. E para isso, é hora já de saber avaliar com objetividade e imparcialidade.

            O mestre Leonardo Boff na sua visita em Balsas no mês passado apresentava três critérios para que seu voto fosse dado para o bem do seu município. Peço licença para relembrar :

  1. OLHE AS MÃOS . Não olhe a BOCA

Acrescento : olhe também os pés. Em outras palavras olhe a vida anterior de cada candidato , o que fez e não o que diz.

   2.   EXAMINE A LIGAÇÃO que tem com o POVO.

Quem é o candidato que está perto de você ? só em tempo de eleição ? tem sensibilidade para com as necessidades do seu bairro. Em outras palavras é alguém que sabe distribuir FAVORES (cesta, remédio, viagem etc…) ou alguém que luta para defender seus DIREITOS ?

   3.   Há projetos NOVOS, ATUAIS ?

O seu candidato(a) a prefeito tem projeto de Governo ? Esse projeto tem algo NOVO ou apenas repete o VELHO ? O seu candidato(a) a vereador sabe o que é ser legislador ou apenas quer ser mais um secretário do Executivo ?

       Meu caro leitor e minha cara leitora, fique com estas reflexões. É tempo de criar o NOVO. Quando o cego passa a ver, quando a aleijado passa a andar, quando o leproso passa a ter uma pele sadia, quando o preso passa a gozar de sua liberdade, é o TEMPO NOVO que está chegando. É a NOVA SOCIEDADE que está se construindo.

Novembro de 2004

                                                                Victor Asselin